terça-feira, 22 de julho de 2008

Reviravolta

Se o sentimento que eu tinha na semana passada era o de independência, nessa sinto o total oposto disso.
Pensei em milhares de palavras para tentar explicar o que sinto. Não consigo mais explicar (ou me lembrar) nada.

As vezes acho que não tenho predisposição à felicidade; a tristeza me abate com tal facilidade que até eu me espanto.
Tenho, sim, momentos felizes. Os que em sua grande maioria atualmente até são com as mesmas pessoas. Mas chato mesmo é ter o espírito totalmente "modificado" (e para pior), sempre pela mesma pessoa.

Dizem para mim que é sempre para o meu bem. Têm opiniões totalmente contrárias às minhas. Me privam de usufruir de tudo que me faz melhor na vida.
Por incrível que pareça (ou não, olha aí o capitalismo), todas as discussões são em torno de dinheiro. De repente o ar aqui eles pagam também. E é isso que mais me irrita.
Não é que eu precise de dinheiro pra ser feliz. Não tê-lo não é o que me traz problemas. Mas para outras pessoas, gastá-lo é fonte para infinitas noites sem dormir e dias inteiros de sermão sobre o que eu "desconheço" ou "finjo não conhecer" do mundo.

Eu só queria que meus sentimentos fossem respeitos e que de repente as pessoas se tornassem compreensivas e legais; como por mágica.

As vezes eu nem sei muito bem o que me faz mal.
Mas sempre sei o que(m) faz bem. Acho que por não poder ter isso as vezes é que perco meu chão, sei lá. Não sei me explicar muito bem.

Eu só queria ter a liberdade de viver tranquilamente meu futuro incerto. E até sofrer com isso, e daí, eu que escolhi !
Se existe essa coisa toda de Céu, Inferno, Paraíso, Purgatório, Pecados, eu não sei. Só sei que com o que estou sofrendo (mesmo que o meu sofrimento possa ser muito pouco para outras pessoas, mas é gigante para mim), eu estou pagando todos os meus pecados. E com certeza pelo menos em algum lugar, mesmo que muuuito longe, a vida vai sorrir e nunca mais parar de rir pra mim.



Um comentário:

jhulyjohns disse...

Adorei a ilustração: Happiness is just around the corner. Too bad the world is round! Massa! =)